Sabonete de Argila – Receita Fácil e Versátil!

Depois do primeiro teste fazendo sabonete de argila a partir de um sabonete de glicerina, decidi que realmente valia a pena fazer meus próprios sabonetes com menos química e mais ingredientes naturais.

Faz muitos anos que eu procuro alternativas mais naturais para praticamente tudo que eu uso, especialmente cosméticos, mas o sabonete do banho eu ainda não tinha mudado. Para o rosto eu já usava sabonetes de argila, mas eles são bem caros, e para o corpo eu acabava usando os tradicionais mesmo, sempre olhando os ingredientes para achar o menos pior.

Por coincidência, procurando vídeos e publicações sobre velas, achei um vídeo que mostrava como fazer sabonetes a partir de outros já prontos. Apesar de não ser algo totalmente natural, era uma alternativa melhor do que a que eu usava antes. Resolvi testar, amei o resultado, desde então não compro mais sabonetes e passei a pesquisar para fazer receitas melhores ainda, usando a base de glicerina 100% vegetal para evitar o excesso de lauril do sabonete pronto.

Como Fazer Sabonete de Argila
Os ingredientes

As fotos que vou mostrar nesse post são, em maioria, do primeiro sabonete que eu fiz, mas a receita é a que passei a usar depois de alguns testes. Essa receita rende 3 sabonetes pequenos ou dois médios, dependendo da forma. Para fazer mais sabonetes basta multiplicar as quantidades da receita (dobrar, triplicar, etc).

Vou falar sobre os materiais, não só citando as quantidades, mas também as propriedades de cada um para que você possam optar por qual utilizar, seja pelas propriedades ou porquê é o que tem disponível em casa, e também possíveis substitutos, o que torna essa receita bem versátil.

Material

– Um sabonete de glicerina puro (recomendo granado) de 90 ou 100g. Clique na imagem para comprar o sabonete granado;

– 2 col. de sopa cheias de argila em pó de sua preferência. Clique na imagem para comprar argila;

– 1 col. de sopa de óleo de coco ou outro óleo vegetal (amêndoas, semente de uva, etc). Clique na imagem para comprar óleo de coco extravirgem;

– 100 ml de chá da sua preferência (somente o líquido) ou água mineral;

– Recipiente e panela para derreter o sabonete em banho-maria (alumínio, esmaltado ou vidro, não use plástico);

– Espátula de silicone;

– Máscara e, se tiver, óculos de proteção também é bem-vindo;

– Filme plástico ou papel manteiga;

– Forminhas de silicone no formato de sua preferência.

Como Fazer

1. Coloque o sabonete, ralado ou cortado em pedaços, e a água ou chá no recipiente e deixe derreter em banho-maria com fogo baixo. NÃO largue derretendo e vá fazer outra coisa, esteja sempre próximo(a) e observe o processo para evitar qualquer problema;

Como Fazer Sabonete de Argila
Nunca coloque o sabonete inteiro para derreter, sempre corte em pedaços pequenos ou rale

2. Quando estiver bem líquido e completamente derretido, desligue o fogo. Não deixe ferver e não precisa aquecer demais, basta estar totalmente líquido;

3. Com o recipiente ainda na panela, para manter o calor, acrescente o óleo vegetal e a argila e mexa bem até misturar todos os materiais de forma homogênea. Cuidado para não deixar começar a endurecer. Tudo deve ser feito de forma rápida;

4. Coloque a mistura nas forminhas, de preferência já no local onde irão ficar até os sabonetes serem retirados, evite mudá-las de lugar;

Como Fazer Sabonete de Argila
Os primeiros sabonetes que fiz nas forminhas de cupcake que ficaram horrorosos, mas minha pele adorou

5. Cubra as forminhas com filme plástico ou papel manteiga;

6. Aguarde 24 hs para tirar das formas e 48 hs para começar a usar.

Por que Esperar 48 hs Usar?

É comum querer usar o sabonete assim que endurece, especialmente se é a primeira vez que você faz, eu obviamente fiz isso. No entanto o sabonete estará aparentemente endurecido, mas ainda muito macio e vai ter uma durabilidade menor ainda no banho.

Eu sei que a ânsia de usar logo falará mais alto, independente do que estou dizendo aqui e tudo bem. Você vai usar um sabonete e enquanto isso os outros vão endurecer um pouco mais.

Ao pegar o primeiro sabonete para usar depois de apenas algumas horas, observe a sensação dele na mão, o aspecto externo, a rigidez e a durabilidade no banho. Depois, quando for usar o próximo, observe novamente. Você verá diferença.

Qual Argila Devo Usar?

A argila vai depender do que você procura e até do que tem em casa. Se tiver uma argila por aí use a que tem para fazer a primeira vez como teste. Caso você goste do resultado, depois pode pesquisar mais e investir na argila que preferir.

Eu uso sabonete de argila há anos e mesmo antes de começar a fazê-los eu não vivia sem. A argila é o que mais dá certo para minha pele, que é sensível, tem dermatite e é oleosa. Testei alguns tipos ao longo dos anos e as que mais dão certo pra mim são a preta (lama negra), a amarela e a rosa.

Como Fazer Sabonete de Argila
Sabonete de argila preta (lama negra) e óleo de coco. Essa foi minha primeira tentativa, não ficou bonito, mas ficou maravilhoso para a pele

A vermelha eu testei e não gostei tanto pra usar no dia a dia. Ela repuxa e sinto que resseca um pouco minha pele. Essa eu gosto de usar só em máscaras a cada 15 dias ou uma vez por mês e acrescento sangue de dragão. A pele fica maravilhosa depois.

A verde, assim como a vermelha, só se for para usar de vez em quando. Ela seca mais minha pele e não evita ou ameniza a irritação da dermatite, algo que a preta, a rosa e a amarela fazem bem.

As três que ainda não testei são a branca, a cinza e a roxa. A roxa será a próxima que vou testar.

Sabonete - Argila Amarela, Camomila e Óleo de Coco
Sabonete com argila amarela, chá de camomila e óleo de coco usando a receita do post

O uso da argila e qual é mais indicada é algo muito pessoal e eu só descobri testando.

Como minha pele é oleosa, ao pesquisar encontrei muitas recomendações da verde, mas na prática foi a que menos gostei. Então teste e você vai ver a diferença entre elas! Se for o caso compre um kit com máscaras de argila que vem só uns saquinhos com o pó (não é máscara pronta). Também é possível comprar uma pequena quantidade de cada. Lojas especializadas em cosméticos tem pacotes de 100g.

Escolha uma argila, faça um sabonete e use um tempo. Veja como está a pele. Fotografe, se for o caso, o antes e depois. Faça um sabonete com outra argila e faça o mesmo processo com todas que quiser testar e depois analise qual ou quais são melhores para você na prática.

Sabonete - Argila Amarela, Chá verde e Óleo de Coco
Sabonete com argila amarela, chá verde e óleo de coco usando a receita do post

Vou descrever de forma bem resumida as propriedades de cada argila para ajudar quem está na dúvida a escolher qual usar ou testar:

Argila Rosa

Combinação das argilas vermelha e branca. É a mais suave. Tem efeito suavizante e cicatrizante. É anti-inflamatória e reduz manchas.

Argila Amarela ou Dourada

Melhora a elasticidade da pele, reduzindo o aparecimento de rugas e rejuvenescendo. Estimula a circulação e reduz inflamações.

Argila Preta ou Lama Negra

Tem poderoso efeito desintoxicante. É anti-inflamatória, antiestresse e cicatrizante. Renova as células, estimula a circulação e combate o excessivo de oleosidade.

Argila Branca

Clareia a pele e absorve a oleosidade sem ressecar. É descongestionante, suavizante e anti-inflamatória.

Argila Vermelha

É hidratante, cicatrizante, tonificante e estimulante. Ela previne envelhecimento, suaviza linhas de expressão e absorve oleosidade.

Argila Verde

Tem propriedades desintoxicantes, adstringentes, bactericidas e tonificantes. Ajuda a fechar os poros e reduz a oleosidade. É secativa e cicatrizante.

Argila Cinza

Tem efeito suavizante. Regenera a pele, ajuda eliminar toxinas e combater a acne.

Argila Roxa

Tem efeito rejuvenescedor e desintoxicante. Melhora o tônus muscular e revitaliza a pele cansada.

Qual Chá Devo Usar?

O chá é opcional, se não quiser usar ou não tiver nenhum em casa pode fazer apenas com água que dá certo da mesma forma.

Usar o chá vai adicionar ao sabonete propriedades a mais. Dois que recomendo bastante são o de camomila, que acalma a pele e tem um efeito maravilhoso, e o chá verde, que é anti-inflamatório e dá mais firmeza para a pele.

Outros podem ser usados, mas recomendo sempre buscar informações sobre o chá que você quer usar e verificar se é adequado ou não utilizá-lo na pele.

Resultados e a Minha Experiência

A minha primeira tentativa de fazer esse sabonete foi bem sucedida, mas não sem alguns imprevistos e o produto final ficou com um aspecto visual que não foi dos melhores. Por isso sugiro seguir esse post nos detalhes e vai dar tudo certo pra você.

Mesmo não sendo um sabonete lindo, o primeiro que fiz foi decisivo para que eu não comprasse mais sabonetes convencionais. Foi incrível a diferença na minha pele, que ficou nitidamente mais hidratada e macia depois do banho.

Depois de passar algum tempo fazendo essa receita, eu fiquei tão feliz e impressionada com os resultados que comecei a pesquisar outras receitas de sabonetes mais naturais. Nas minhas pesquisas encontrei vídeos ensinando a fazer sabonetes com base pronta de glicerina, só acrescentando outros ingredientes como a argila, óleos vegetais, extratos vegetais, essência e pigmento.

Depois de assistir muitos vídeos e ver sabonetes maravilhosos eu me empolguei, comprei alguns materiais adicionais e comecei a fazer sabonetes com base de glicerina 100% vegetal e livre de lauril, para o corpo e para o rosto. Posso dizer que o resultado é mais incrível ainda! Na pele do meu rosto os resultados foram ainda melhores.

Depois eu faço outro post com a receita desse sabonete feito a partir da base de glicerina 100% vegetal, sem adição de lauril, que eu não uso em nenhuma receita, nem pretendo usar.

O lauril sulfato de sódio (LSS) serve basicamente para fazer espuma, as propriedades de limpeza e hidratação estão nos outros ingredientes. Em regra, a espuma que você vê em shampoos, sabonetes e etc, vem do lauril. Há alternativas naturais, como o lauril botânico, e eu devo experimentar em breve, mas por enquanto estou satisfeita com os testes que tenho feito sem ele.

Na receita desse post, que é feita a partir de um sabonete pronto, há o lauril usado originalmente no sabonete que servirá de base. No entanto ainda é uma boa e econômica forma de testar o uso de um sabonete mais natural e observar o resultado na sua pele. Também é uma forma mais rápida e econômica de testar diferentes argilas. Mas, depois dos testes, talvez você queira, assim como eu, investir em outras receitas e começar a usar a base de glicerina.

Fazendo a receita desse post eu descobri como é satisfatório fazer o próprio sabonete, não só pelos resultados, mas pelo próprio processo também. Ao começar a usar ingredientes melhores tornou-se algo, além de satisfatório, muito divertido.

O próximo passo é fazer o sabonete líquido também com mais ingredientes naturais e nutritivos, sem acrescentar lauril (LSS).

Dicas

  • Deixe as forminhas próximas ao local onde está derretendo o sabonete, porque depois de acrescentar a argila começa a endurecer rápido;
  • Tenha em mente que esse sabonete tem um bom percentual de água, por isso vai ser consumido com mais rapidez do que um sabonete convencional comprado no mercado ou na farmácia ou mesmo um feito com base de glicerina;
  • Com essa quantidade de óleo vegetal eu não indico o uso para o rosto exceto se sua pele for muito seca. A minha é oleosa, então para usar no rosto coloco apenas uma colher de chá de óleo vegetal.

Se você fizer essa receita me conte o que achou!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s