Primeiro Livro (e único) da Série Fallen

Comprei o primeiro livro da série Fallen com grande expectativa. Sempre pesquiso e leio críticas antes de comprar um livro e os comentários sobre Fallen eram ótimos. Com tantas avaliações positivas eu esperava um livro daqueles que prendem e a gente não quer parar de ler.

Infelizmente não foi o que eu esperava. Talvez muita gente ame esse livro, e pelos comentários que li amam mesmo, e querem ler sem parar, mas não foi meu caso. Na verdade eu fiz um esforço pra ler e não tinha a menor empolgação pra continuar lendo e saber o resto da história.

Livro da Série Fallen - Lauren Kate

Eu lia, lia e a sensação era que eu estava lendo, e era isso mesmo, a rotina de Luce na Sword and Cross dia após dia. Eu estava acompanhando todas as pequenas coisas que aconteciam, sem grande relevância.

“Por mais que ela quisesse que as palavras de Daniel fossem uma simples confissão de amor, Luce sabia que não era bem isso.”

Todo dia algo sem muita emoção acontecia com Cam, com Daniel, com alguma das amigas de Luce ou com alguma das inimigas, mas todos os acontecimentos pareciam só coisinhas de adolescente e assim foi o livro. Sem nenhuma grande revelação, sem nenhuma grande emoção, nada até por volta da página 300. Não que ver algo parecendo asas ou um brilho estranho em alguém e coisas do tipo sejam comuns no dia a dia de qualquer ser humano, mas não são fatos que eu considero particularmente interessantes, não da forma como o livro foi conduzido.

No começo até foi interessante, a menina indo para o reformatório de adolescentes problemáticos, com um ar de mistério e suspense sobre os motivos, e a expectativa do que ela encontraria lá. Parecia promissor, mas depois virou rotina, literalmente.

Eu sou grande fã de livros, filmes, séries e quadrinhos sobre vampiros, lobisomens, demônios, anjos, aliens, zumbis e outras figuras folclóricas ou mitológicas e talvez por isso seja difícil eu me entreter só com sombras que aparecem a cada 20 páginas de leitura e não fazem nada (exatamente isso: nada) ou com um adolescente que parece ter algo meio estranho. Preciso de bem mais pra me empolgar. Talvez eu esteja acostumada com leituras mais hardcore … Não sei … Mas de fato, independente dos momentos (pouco) emocionantes terem sido bem fracos pra mim, eu achei a leitura muito arrastada.

Lá pela página 300 finalmente senti um pouco de emoção e comecei a ler mais empolgada. Passadas mais algumas páginas começaram as revelações, todas óbvias por tudo que já tinha sido dito pelos personagens ao longo do livro, mas ok. Daí em diante a situação melhora, apesar de excessivamente melosa em alguns momentos, mas não a ponto de me fazer querer ler os próximos volumes.

É extremamente frustrante pra mim começar uma série e não terminar, mas tem muito livro bom pra ler nessa vida e quem sabe um dia eu tomo coragem e leio os próximos volumes de Fallen.

Autora: Lauren Kate
Editora: Galera
Edição: 28 ª
Número de páginas: 401
Opinião: Não é ruim, mas li pensando em outro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s